sexta-feira, 24 de julho de 2015

7 Benefícios do Caqui – Para Que Serve e Propriedades

Caqui

 

O caqui pertence ao gênero Diospyros da família de Ebenaceae e na categorização botânica vem sob a classificação de fruta. Eles são amplamente divididos em tipo adstringente e não adstringente. O tipo adstringente contém altos níveis de taninos e é bastante desagradável quando não maduro. Este texto irá abordar para que serve o caqui, trazendo uma lista de propriedades e benefícios do caqui para a saúde. 


Um pouco sobre o caqui

Quando completamente maduro, o caqui é suave, doce e saboroso. Sua cor exterior varia do profunda amarelo ao laranja. Em aparência é quase como um tomate. O caqui é normalmente consumido cru, quando maduro. No entanto, a sua variante seca é comida como um lanche e utilizada na fabricação de sobremesas. Em algumas partes do Sudeste Asiático, a folha dessa fruta é usada para fazer chá. Além de todos os usos que tem, há alguns bons benefícios do caqui para a saúde.

Perfil nutricional dos caquis

Uma porção de 100 gramas de caqui contém:
  • Energia: 70 Kcal;
  • Carboidratos: 18,59 g;
  • Açúcar: 12,53 g;
  • Fibra Alimentar: 3,6 g;
  • Gorduras: 0,19 g;
  • Proteína: 0,58 g;
  • Vitamina A: 81 ug;
  • Betacaroteno: 253 ug;
  • Luteína e zeaxantina: 834 ug;
  • Vitamina B1: 0,03 mg;
  • Vitamina B2: 0,02 mg;
  • Vitamina B3: 0,1 mg;
  • Folato: 8 ug;
  • Vitamina B6: 0,1 mg;
  • Vitamina K: 2.6 ug;
  • Vitamina C: 7,5 mg;
  • Colina: 7,6 mg;
  • Cálcio: 8 mg;
  • Magnésio: 9 mg;
  • Ferro: 0,15 mg;
  • Fósforo: 17 mg;
  • Potássio: 161 mg;
  • Manganês: 0,355 mg;
  • Zinco: 0,11 mg.
É uma fruta nutritiva com uma composição ideal de minerais, vitaminas e fitonutrientes. É pobre em gorduras e tem um bom valor nutricional. Uma vez que há um número de variedades com diferentes conteúdos nutricionais, estes dados se referem à variedade mais comum, chamada caqui japonês.
Caqui tem uma boa combinação de nutrientes, mas em quantidades moderadas. A maior parte dos nutrientes neste fruto correspondem a apenas 2% a 3% dos VDR, mas tem um nível razoavelmente elevado de manganês, que responde a aproximadamente 17% da necessidade diária do corpo. Além do manganês, o caqui tem cerca de 9% do VDR de Vitamina C e 8% do VDR de vitamina B6. A fibra dietética desta fruta é bastante elevada e o teor de água é de 80% da massa total do fruto.

Propriedades e benefícios do caqui

Seja ele uma fruta de sua preferência ou se você sempre quis prová-lo, esta seção dará alguns motivos, apresentando para que serve o caqui em termos de saúde. Os próximos tópicos tratarão de propriedades e benefícios do caqui. Estas podem ser razões para incluí-lo em sua dieta.
1. Coadjuvante na perda de peso, além de poder ser útil para os exercícios físicos
Há benefícios do caqui para aqueles que estão trabalhando para perder peso e ganhar massa corporal. Os regimes de perda de peso geralmente incorporam alimentos com poucas calorias. Isto é acompanhado com exercícios físicos regulares. A combinação de dieta e exercícios leva à digestão e à utilização de nutrientes que fazem você sentir fome frequentemente mais rápido.
Comer alimentos como caqui, que são ricos em fibras, durante o programa de perda de peso faz com que você possa se sentir saciado por mais tempo. A fibra alimentar também é benéfica em outras vertentes, com relação à regulação dos níveis de açúcar no sangue. Desta forma, o caqui pode ser um bom alimento a incorporar em seu programa de perda de peso.
O teor de açúcar de caqui é alto e por isso é melhor que seja consumido antes dos exercícios físicos, de modo que o açúcar seja absorvido e transformado em energia pelo organismo para ser utilizado como energia durante os exercícios de rotina.
O conteúdo de água do caqui é outro fator que ajuda nos exercícios em parte, em relação à reposição do líquido perdido em forma de suor pelo corpo.
2. Protege e nutre os olhos
Os olhos são um dos propiciados pelos benefícios do caqui. A fruta contém luteína e zeaxantina, que estão dentre os mais comuns carotenoides na natureza. Muitos estudos e tratamentos atuais têm apontado estas substâncias como muito eficazes na manutenção e melhoria da visão. Elas funcionam na retina e ajudam a evitar doenças degenerativas dos olhos como a degeneração macular. Sabe-se também que diminuem a incidência de catarata.
Danos na retina do olho são a causa da perda de visão, e são causados devido aos radicais livres produzidos como resultado da reação do oxigênio em certos tipos de moléculas. O caqui contém nutrientes como a vitamina A, a vitamina C e a vitamina K, que são conhecidos por suas propriedades antioxidantes. Estes nutrientes levam a proteção de danos na retina à lista de benefícios do caqui.
A luteína e a zeaxantina, juntamente com as vitaminas acima mencionadas, reduzem os danos causados ​​pelos raios UV e outras infecções oculares. Fora do contexto da visão, eles também ajudam na redução das rugas na pele sensível ao redor dos olhos.
3. Melhora o sistema digestivo
O caqui tem uma elevada quantidade de fibras. Fibras ajudam a melhorar a digestão. Existem dois tipos de fibras: solúveis e insolúveis. As fibras solúveis são capazes de provocar um atraso no esvaziamento gástrico e, com isso, evitar picos de glicose. Já as insolúveis são assim chamadas porque não se misturam com a água. Atuam melhorando o trânsito intestinal. Fazem as fezes volumosas e macias, de modo que elas passam através do trato gastrointestinal facilmente. Desta forma, comer frutas como o caqui previne a constipação.
Um trânsito intestinal regular tem muitos outros benefícios também. Evita infecções intestinais e auxiliar em condições como o câncer de cólon. A constipação crônica pode fazer os vasos sanguíneos ao redor do ânus incharem e, em casos críticos, mesmo ruptura e sangramento.
4. Auxiliar contra o câncer
O caqui contém nutrientes altamente benéficos, que protegem contra os radicais livres. Os radicais livres são apontados como um dos principais responsáveis ​​pelo câncer. Antioxidantes e fitonutrientes neutralizam estes radicais livres e evitam danos no DNA. A exposição ao oxigênio causa danos ao nível celular. Estas células danificadas podem se tornar cancerosas.
A produção de radicais livres é um processo natural do corpo. Os antioxidantes limpam/diminuem as quantidades destas moléculas reativas no corpo. Assim, uma deficiência de antioxidantes pode conduzir a um ambiente propício para o desenvolvimento de certas doenças. Devido a uma composição antioxidante poderosa de vitamina A, vitamina C, vitamina K, luteína e zeaxantina, a proteção aos danos dos radicais livres é mais um dos benefícios do caqui para a saúde. a fruta também contém ácido betulínico, que é antitumoral e pode impedir o crescimento de células cancerosas no corpo.
5. Protege do envelhecimento precoce
Os radicais livres não são apenas responsáveis ​​por causar câncer, mas também levam ao envelhecimento precoce. Eles danificam células da pele e implicam no envelhecimento mais rápido do que o normal. No entanto, antioxidantes e fitonutrientes conseguem amenizar/proteger do efeito de envelhecimento precoce.
A vitamina C é um antioxidante muito eficaz quando se trata de cuidados com a pele. É uma vitamina solúvel em água, não é armazenada no corpo e necessita ser reposta regularmente através de fontes alimentares. Já a vitamina A e a vitamina K mantêm a pele saudável e reduzem as rugas relacionadas à idade. Para além destas vitaminas, o betacaroteno, a luteína e a zeaxantina também mostraram potencial como antioxidantes em vários estudos.
Estes antioxidantes foram apontados por aumentar a longevidade da idade humana através da proteção contra danos por radicais livres e por melhorar a saúde geral e, consequentemente, o sistema imunológico.
6. Vitamina C para a imunidade
Para ficar protegido contra doenças comuns, é importante consumir alimentos com alto valor nutritivo. A vitamina C é apontada como um potente agente que aumenta a imunidade e fortalece contra a gripe, o resfriado e as infecções. Alguns estudos não mostram um efeito direto da vitamina C sobre estas doenças comuns, mas uma associação indireta devido à melhora da imunidade, que definitivamente trabalha nessa direção.
O caqui é uma fruta rica em vitamina C e pode aumentar a resistência contra estas doenças comuns. Para além disto, a vitamina C ajuda na produção de colágeno e na absorção de ferro no corpo. Ela também ajuda a manter os vasos sanguíneos, músculos e ossos saudáveis, ajudando na sua manutenção contínua.
7. Saúde do coração
O potássio é responsável por outros benefícios do caqui, e é um elemento encontrado abundantemente na fruta. Ele ajuda na regulação da pressão arterial no corpo, alargando os vasos sanguíneos e relaxando os músculos do corpo. Na verdade, muitos medicamentos usam potássio como um analgésico para a dor muscular.
A pressão sanguínea saudável não impõe tensão indevida sobre o coração. Desta forma, o potássio ajuda a manter a saúde cardiovascular e sua funcionalidade. O caqui é uma fruta quase sem gordura, mas tem um alto teor de água, o que pode melhorar também os níveis de colesterol.

Efeitos colaterais do caqui

Há vários benefícios do caqui, conforme descrito na seção anterior. Todavia, deve haver cautela por conta da grande quantidade de tanino. O tanino, em quantidades elevadas, pode ter efeito tóxico sobre o corpo. Evite comer o caqui verde particularmente, pois ele contém altos níveis de taninos.
Comer caqui com o estômago vazio ou em excesso pode causar diarreia. Então, coma de forma segura, moderadamente. Pacientes com diabetes também deve comê-lo em quantidades moderadas, visto que contém altas quantidades de açúcar e se consumido em excesso pode elevar os níveis de glicose no sangue (embora contenha fibras, que colaboram para a estabilização dos níveis de açúcar, não é adequado seu consumo excessivo).

Como escolher e armazenar caquis

Ao escolher seus caquis, olhe para aqueles que são mais profundos na cor, gordos e com uma pele lisa brilhante. Evite aqueles com manchas, feridas ou com a pele rachada. Selecione caquis maduros somente se você pretende comê-los imediatamente, visto que eles vão rapidamente amadurecer.
Você pode comprar frutos mais firmes e permitir-lhes amadurecer em casa. Este processo pode ser acelerado, colocando-os num saco de papel à temperatura ambiente. Uma vez maduros, você pode armazená-los na geladeira e comer o mais rápido possível.
Como mencionado, caquis verdes têm gosto muito desagradável, portanto espere que eles para estejam suaves ao toque. Só então desfrute de sua suculência e de todos os benefícios do caqui para a saúde.
 

Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...