segunda-feira, 27 de julho de 2015

Ter Sobremesa no Café da Manhã Ajuda a Manter o Peso Perdido, Mostra Pesquisa

4aboaforma


Ter Sobremesa no Café da Manhã Ajuda a Manter o Peso Perdido: Pode até parecer estranho, mas de acordo com uma pesquisa feita por uma cientista da Universidade de Tel-Aviv, em Israel, e apresentada no 94º Encontro da Sociedade Endócrina que aconteceu em Houston, nos Estados Unidos, pessoas que tomam um café da manhã rico em carboidratos e proteínas e incluem uma sobremesa na refeição obtêm maior sucesso na tarefa de manter o peso perdido longe do corpo.

Além disso, o costume também ajuda a evitar desejos por guloseimas ao longo do dia e a deixar o organismo menos faminto. Para chegar a esses resultados, a pesquisadora Daniela Jakubowicz, que também trabalha como médica sênior na Universidade de Tel Aviv, em Israel, e seus colaboradores acompanharam aproximadamente 200 pessoas adultas obesas, não diabéticas, que tiveram que seguir dietas de baixas calorias durante oito meses: as mulheres deveriam consumir 1,4 mil calorias por dia e os homens tinham que ingerir 1,6 mil calorias diariamente.

Os participantes ainda foram divididos em grupos que se diferenciavam de acordo com a composição da dieta. Enquanto um grupo foi submetido a uma dieta pobre em carboidratos, que incluía um café da manhã com 304 calorias e somente 10 g de carboidratos, o segundo foi alimentado com uma dieta que contemplava um café da manhã de 600 calorias, que continha 60 g de carboidratos e trazia uma pequena porção de doce que poderia ser um chocolate, uma rosquinha, um cookie ou um pedaço de bolo.

O café da manhã dos dois grupos oferecia fontes de proteínas, como atum, clara de ovo, queijo e leite magro. Entretanto, enquanto o pessoal do café da manhã com poucos carboidratos consumiu 30 g de proteínas, os participantes que tinham a sobremesa na refeição ingeriram 45 g de proteínas.
Mais ou menos na metade do experimento, os cientistas perceberam que os componentes do dois grupos tinham perdido, em média, aproximadamente 15 kg. Nas palavras de Jakubowicz, isso demonstrou que as duas dietas funcionam do mesmo jeito.
No entanto, nos últimos quatro meses de estudo os resultados em relação à manutenção do peso eliminado foi diferente. As pessoas que tiveram o café da manhã pobre em carboidratos recuperaram, em média, por volta de 11,5 kg. Por sua vez, o pessoal que comeu a sobremesa na primeira refeição do dia, continuou a emagrecer, tendo perdido mais cerca de 7 kg.
Outra conclusão a que os pesquisadores chegaram foi que os participantes do grupo da sobremesa se sentiram menos famintos e tiveram menos desejos por guloseimas. Os cientistas também identificaram que essas pessoas tiveram uma queda maior do hormônio da fome – a grelina -, depois de consumirem o seu café da manhã: a queda deles foi de 45,2% contra 29,5% para o outro grupo.
A médica sênior atribuiu os resultados à composição da refeição. Para ela, o alto teor de proteínas do café da manhã de quem comeu a sobremesa foi responsável pela redução da fome, a combinação entre proteínas e carboidratos aumentou a sensação de saciedade e o doce diminuiu o desejo por comidas gordurosas, outros doces e ricas em amido.
Ela ainda ressaltou que o desejo por esses tipos de comida surge quando a pessoa segue uma dieta restritiva que proíbe o consumo de sobremesas. O resultado dessa vontade maior acaba sendo o consumo maior dessas comidas engordativas e o aumento de peso.
“O objetivo de uma dieta de perda de peso deveria ser não apenas a redução de peso, mas também a redução da fome e dos desejos, consequentemente, ajudando o prevenir a recuperação do peso”, explicou.
A pesquisa israelense foi divulgada na edição de março do ano de 2012 do jornalSteroids(Esteroides, em inglês).

Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...