sábado, 11 de julho de 2015

10 Dicas de Alimentação Para Perder Barriga

10 Dicas de Alimentação Para Perder Barriga

10 Dicas de Alimentação Para Perder Barriga: Muitas vezes, nem a mais determinada pessoa, fazendo os exercícios mais apropriados, consegue perder a barriguinha. Quando o esforço físico não está resolvendo, parece que deve estar havendo falhas na alimentação. O que está sendo consumido a mais para acumular a gordura abdominal? Existe uma alimentação para perder barriga?


O perigo da gordura abdominal
Ninguém gosta de estar gordo, isso é um fato, mas, estar gordo pode ser perigoso, principalmente quando essa gordura se concentra na região abdominal, entre os órgãos.
Alguns pesquisadores da Mayo Clinic, em 2014, publicaram, após 9 anos de estudos, com 650.000 voluntários, que homens com circunferência abdominal (CA) maior que 110 cm apresentaram risco de morte 50% maior do que aqueles que se encontravam na faixa dos 90 cm. O mesmo foi observado entre as mulheres. Nesse caso, as que estavam com CA maior que 95 cm tinham 80% mais risco de morte do que as mulheres com CA abaixo de 70 cm.
A gordura abdominal gera mais substâncias inflamatórias em nosso organismo, muito mais do que quando acumulada em outras partes do corpo, aumentando os riscos de problemas cardíacos.
O tecido adiposo não é somente um depósito de energia para quando o corpo precisar lançar mão dela. Sabe-se que ele é metabolicamente ativo, secretando mediadores inflamatórios que estão ligados às doenças crônicas e como elas se desenvolvem, portanto, quando depositada entre as vísceras, essa gordura aumentará o risco de morte.
Outro fator de risco ligado à gordura visceral é o diabetes, pois as substâncias produzidas por ela dificultam a ação da insulina, que ajuda a glicose a entrar nas células.

Como saber quando a gordura abdominal está acima do considerado ideal?

Para termos parâmetros sobre a quantidade de gordura abdominal permitida e/ou tolerada em nosso corpo, basta medirmos com uma fita métrica a circunferência de nossa cintura e de nosso quadril, depois é só fazer uma conta simples para estabelecermos a relação cintura/quadril.
Relação cintura/quadril = medida da circunferência da cintura DIVIDIDA PELA medida da circunferência do quadril
O resultado dessa conta para as mulheres não deverá ser superior a 0,85 cm, e no caso dos homens não deverá ultrapassar 0,90 cm. Acima disso, o risco de morte se eleva.

Abdômen distendido

Outra possibilidade para explicar a barriga, quando não se trata de gordura, poderá ter uma causa orgânica. Algumas pessoas apresentam o abdômen distendido, por má digestão, acúmulo de líquido, fermentação excessiva. Isso exige um acompanhamento médico, mas, com uma alimentação correta, será possível aliviar os sintomas.

Quais são os alimentos que ajudam a vencer a gordura da barriga

É fundamental se manter longe do cigarro, do consumo exagerado de bebidas, fazer exercícios físicos com regularidade, manter uma dieta equilibrada. Portanto, vamos fornecer algumas dicas de alimentação para perder barriga.
1- Azeite de oliva
Impede o acúmulo de gordura visceral, segundo estudos da Associação Americana de Diabetes, que analisou exames, entre voluntários, antes e depois de começarem a consumir azeite, onde se constatou a diminuição da gordura abdominal, após o hábito diário de ingerir duas colheres de sopa ao dia.
2- Queijo Cottage
Seu alto teor de CLA (ácido linoleico conjugado) é um importante aliado na redução da gordura abdominal. Pode-se colocar nesse item de alimentação para perder barriga, também os outros queijos brancos. Mas o cottage é especialmente benéfico pois possui menor taxa de gorduras e maior taxa de proteínas. É um excelente queijo magro e dá para fazer receitas muito gostosas.
3- Abacate
Rico em vários nutrientes fundamentais, o abacate é uma excelente fonte de fibras, como também ácidos graxos monoinsaturados, que ajudam a queimar a gordura abdominal. O abacate dá saciedade e ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue.
4- Vegetais verdes
Os vegetais de folhas verdes têm poucas calorias, muitas fibras, minerais e vitaminas, que ajudam a aliviar a retenção e o inchaço na região abdominal, que causam tanto desconforto.
5- Aveia
Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, entre pessoas submetidas à dietas de restrição calórica, onde algumas comiam grãos integrais, e outras, cereais integrais, constatou que ambas perderam peso, porém, o grupo comendo cereais integrais como a aveia perdeu muito mais gordura abdominal.
6- Chá verde
As catequinas, que são um poderoso antioxidante presente no chá verde, ajudarão a encolher a sua barriga. The Journal of Nutrition publicou um estudo onde um grupo fazia uso do chá verde, enquanto outro não. Ambos se exercitavam durante 180 minutos semanais, caminhando. Após 12 semanas, o grupo que consumiu chá verde perdeu 7,4% a mais de gordura abdominal do que o outro grupo. Isso se deve ao aumento da atividade metabólica induzido pelas catequinas, tendo como consequência maior queima de gordura. Nesse caso, o grupo consumia entre 4 a 6 xícaras de chá verde diariamente.
7- Ovos
O consumo de proteínas ajuda a perder peso, mas, como isso funciona?
Precisamos de mais calorias para quebrar as proteínas dos alimentos, em contrapartida, as proteínas alimentam muito mais, nos mantendo saciados por mais tempo.
Outro fator importante ligado às proteínas é sua capacidade de manter nossa massa muscular, para que percamos gordura, não músculos. Por esse motivo, os ovos fazem parte dessa lista da alimentação para perder barriga, pois são fonte de proteína pura, de alto valor nutritivo, ricos em vitamina D, que ajudarão a eliminar gordura extra na região abdominal.
8- Nozes e amêndoas
São, principalmente, gordura de excelente qualidade, que aumentam a sensibilidade do nosso organismo à insulina, auxiliando na perda de peso. Quando precisamos de ácidos graxos ômega-3, poderemos incluir as nozes à nossa alimentação. Também nos fornecem fibras e proteínas de alto nível.
9- Salmão
É muito estranho falar em queimar gordura consumindo gordura, mas, os ácidos graxos ômega-3 presentes nos peixes gordos, como o salmão, atum, arenque, etc, reduzem nossa massa gorda, mantendo-nos saciados até duas horas após seu consumo.
10- Mirtilo (blueberry)
Agora entrarão em cena as antocianinas, que são fitonutrientes presentes nos mirtilos, e atuam sobre os genes que regulam o metabolismo das gorduras. A sugestão é de uma xícara de mirtilos diariamente para que a gordura abdominal diminua.
Considerações finais
A barriguinha não é somente uma questão estética. Como pudemos ver, pode se tratar de algo arriscado, necessitando, em muitos casos de acompanhamento médico, além de dieta e exercícios. Por esse motivo, não convém brincar com esse importante sinal que nosso organismo nos dá. Mudanças de hábitos alimentares são o primeiro passo para vencer o problema.

 

Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...