segunda-feira, 28 de março de 2016

Estranho Caso da Mulher Britânica Que se Atirou ao Mar

Estranho

EstranhoEstranho caso da mulher que se atirou ao mar atrás de um paquete.O casal inglês encurtou a viagem de cruzeiro na Madeira mas quando iam regressar para Bristol de avião zangaram-se no aeroporto do Funchal. Ela atirou-se ao mar:achou que ele tinha voltado ao paquete.

O estranho caso da mulher que se atirou ao mar atrás de um paquete, no Funchal, já chegou à imprensa britânica. 

Aconteceu no sábado, pelas 20.30. A idosa britânica de 65 anos estava no aeroporto da Madeira a pensar na vida depois de se ter zangado ali mesmo com o marido.

O casal tinha encurtado as suas férias de cruzeiro nesse sábado, ao decidir regressar a Bristol, em Inglaterra, de avião, a partir do Funchal. Já não iriam a Lisboa, que era a etapa que se seguia à Madeira. 

Mas nesse sábado, no aeroporto, quando se preparavam para apanhar o avião, zangaram-se. O marido terá dito à mulher que ia apanhar um táxi e regressar ao Funchal para voltar ao paquete.

Ela ficou no aeroporto. Pelas 20.30, a turista vê o navio passar ao largo. "Desesperada", atirou-se ao mar "com a noção de que iria a nadar até junto do paquete e que seria içada para bordo", como contou ao DN o capitão do porto do Funchal, Félix Marques. 

Mas o que a mulher não sabia, quando se atirou às águas frias, era que o marido, de 69 anos, tinha decidido apanhar o avião para Bristol...

A idosa inglesa acabou por ser resgatada da água quatro horas depois por um grupo de pescadores. Os homens pescavam numa embarcação ao largo da costa quando ouviram gritos de socorro. "Parecia uma pedra enregelada", foi assim que os pescadores descreveram à capitania o estado da vítima.

Segundo conta o capitão Félix Marques, a mulher agarrou-se à bolsa pessoal e esteve sempre a nadar ou a boiar com esse apoio durante quatro horas. O navio, esse, já ia bem longe.

"Nós não sabíamos que o marido tinha apanhado o voo para Bristol. Ainda contactámos o paquete que confirmou que a senhora resgatada por nós tinha desembarcado no Funchal juntamente com o marido". 

Um contacto com a companhia de aviação que opera para Bristol serviu para a capitania confirmar "que o marido apanhou o avião e já está em Inglaterra".

Os pescadores que salvaram a turista britânica - os irmãos Leonardo e Carlos Correia e o colega Marildo Freitas - contaram ao Daily Mail que a senhora estava "muito pálida" e que "tem sorte em estar viva". 

"Foi muito assustador ver aquele rosto muito branco à superfície da água. Fez-me lembrar o final do filme Titanic, quando as pessoas se estão a afogar", contou Marildo ao jornal britânico.

"Já pedimos aos serviços do consulado britânico para entrarem em contacto com o marido da senhora e informarem do que se passou. Mas aparentemente ele já foi contactado por jornalistas ingleses que estão em cima da história", adiantou o capitão Félix Marques.

A mulher foi internada no hospital do Funchal em estado de hipotermia mas entretanto já foi transferida para uma casa de saúde na área da psiquiatria, no Funchal. Este não terá sido um episódio isolado.


Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...