segunda-feira, 14 de março de 2016

Benefícios do Alho – Para Que Serve e Propriedades

Alho

 Alho Alho:Visto durante muito séculos como um alimento medicinal, o alho tem mais recentemente começado a despertar a atenção de quem está fazendo dieta, já que estudos indicam que o poder dos benefícios do alho, inclusive para ajudar a emagrecer.


Fonte de mais de 100 compostos ativos, vitaminas e sais minerais, o alho traz uma série de benefícios tanto para a saúde quanto para a boa forma, como a prevenção de resfriados e o aumento na síntese de testosterona.
O alho é ainda uma ótima opção para acrescentar sabor às receitas sem que você precise exagerar nas calorias ou na quantidade de sal.

Propriedades do Alho

 Alho

Bulbo da mesma família do alho poró, da cebola e da cebolinha, o alho já era utilizado por Hipócrates- considerado o pai da medicina ocidental- há mais de 2 mil anos. O médico costumava prescrever o vegetal para tratar uma série de condições, desde problemas respiratórios até a prisão de ventre.

Também na Grécia antiga o alho era utilizado por soldados como fonte de energia e “coragem”, e por atletas que buscavam melhorar o desempenho esportivo.

O que faz do alho um superalimento são uma série de compostos sulfurosos como a alicia e o dialil sulfito, os mesmos que conferem ao vegetal seu odor característico.

O alho também apresenta uma boa concentração das vitaminas A, C, B6 e B1, e dos minerais selênio, manganês, ferro, magnésio, fósforo, cobre e potássio.
Pobre em calorias (são apenas 42 calorias por cabeça), fonte de fibras (0,7 g) e proteínas (2g) e com quase nada de gordura (menos de 0,2g), o alho é uma ótima adição para a o cardápio de quem está precisando emagrecer.

Para que Serve o Alho

Além de ser uma ótima opção para dar sabor às receitas sem precisar recorrer à gordura e ao sódio, o alho serve para estimular o metabolismo, fortalecer o sistema imunológico, aumentar os níveis de testosterona, combater infecções, controlar o colesterol, diminuir a pressão arterial e desintoxicar o organismo.

Benefícios do Alho  – Propriedades para Saúde e Boa Forma

Confira a seguir os 15 benefícios do alho para você começar hoje mesmo a acrescentar mais alho ao seu cardápio:

1- Alho estimula o ganho de massa magra

Pesquisas desenvolvidas com animais de laboratório sugerem que os compostos ativos do alho- em especial o dialil sulfito- podem contribuir para um aumento da síntese de proteínas e assim estimular a hipertrofia muscular.

Essa propriedade do alho está diretamente ligada ao efeito do bulbo sobre a produção de testosterona. Em um estudo recente, dois grupos de ratos foram submetidos a uma dieta com alto teor de proteína (similar àquela seguida pelos fisiculturistas).

Enquanto os animais do primeiro grupo receberam um suplemento de alho, o restante foi utilizado como controle e não recebeu o suplemento.

Ao final do estudo, os animais que haviam recebido a suplementação com alho apresentaram um aumento significativo nos níveis de testosterona. O alho também foi responsável por um balanço positivo de nitrogênio- efeito que, em conjunto com o aumento de testosterona, também contribui para o aumento da massa magra.

2- Auxilia na perda de peso

Aqui novamente a ciência comprova mais um dos benefícios do alho: pesquisas desenvolvidas na última década indicam que o alho é um grande aliado da boa forma. Entenda porquê:

– Aceleração do Metabolismo

Em um estudo publicado em 2011 no “The Journal of Nutrition”, pesquisadores analisaram a relação entre o alho e o acúmulo de gordura em ratos.

Durante oito semanas, os animais foram alimentados com uma dieta com alto teor de gordura para que se tornassem obesos. Logo em seguida, os ratos foram divididos em dois grupos.

Enquanto metade dos animais recebeu um suplemento contendo alho, ao restante foi fornecido apenas um placebo.

Os autores do estudo constataram que o grupo que ingeriu o alho apresentou uma diminuição tanto no peso quanto nas taxas de gordura. Já os animais que apenas receberam o placebo não apresentaram os mesmos resultados.

Os animais tratados com alho também apresentaram um aumento na temperatura corporal, resultado indicativo de que o alho tem um efeito termogênico. Ou seja, o alho queima gordura porque estimula o metabolismo.

– Inibe o Acúmulo de gordura

Alguns princípios ativos do alho podem ajudar a regular o número de adipócitos (células de gordura) que são formados em nosso corpo. O 1,2 DT (ou 1,2 vinilditina) é um dos compostos sulfurados do alho que, além de possuir atividade anti-inflamatória, ainda inibe a formação de adipócitos.

Isso porque a 1,2 vinilditina inibe a diferenciação das células precursoras dos adipócitos (conhecidas como fibroblastos), que somente ocorre em determinadas condições envolvendo processos inflamatórios.

Assim, ao combater as inflamações, o alho indiretamente também impede o acúmulo de gordura e facilita a perda de peso.

Alho
– Potencializa os efeitos da atividade física

Em outro estudo, publicado desta vez no Nutrition Research and Practice, cientistas analisaram os efeitos da combinação de exercícios com a suplementação de extrato de alho.

Durante três meses, mulheres na menopausa receberam o extrato ou um placebo. Embora ambos grupos tenham se exercitado durante o experimento, apenas as mulheres que receberam o suplemento com alho apresentaram uma perda de peso e de gordura corporal significativa.

3- Fortalece o sistema imunológico e previne o câncer

Os compostos sulfurosos e o alto teor de vitamina B6 do alho colaboram para o fortalecimento do sistema imunológico, que por sua vez pode inibir o crescimento ou mesmo eliminar uma série de bactérias e fungos.

Quando amassado, o alho libera alicina, que ativa a resposta de defesa do organismo e elimina microrganismos como a E. coli e a Salmonela. O alho também atua na prevenção de inúmeros tipos de câncer, entre eles os de estômago, bexiga, próstata, esôfago e cólon (intestino).

4- Controla o metabolismo do Ferro

Pesquisadores têm analisado os efeitos do alho sobre o metabolismo do ferro e os resultados preliminares parecem bastante promissores. Quando o mineral é estocado em nossas células, uma proteína conhecida como ferroportina é a responsável por transportá-lo através da membrana celular de volta para a circulação.

Acredita-se que o alho aumente a produção de ferroportina no corpo, facilitando o envio do ferro para a circulação e de lá para determinados tecidos de acordo com nossas necessidades metabólicas.

5- Melhora a função sexual

Muitos séculos atrás povos antigos da Índia já utilizavam o alho como afrodisíaco e estimulante das funções sexuais.
Essa propriedade do alho se deve ao seu efeito vasodilatador, já que o relaxamento dos vasos resulta em um fluxo maior de sangue para os órgãos genitais.

6- Combate o resfriado

A alicina presente no alho fortalece o sistema imunológico e ajuda a manter a gripe bem distante. Uma pesquisa publicada no periódico Advances in Therapy identificou uma diminuição de 63% no número de resfriados associada à suplementação com alho.

Além da quantidade, a duração dos sintomas também foi em média 70% menor (de 5 para 1,5 dias) no grupo de voluntários que recebeu a suplementação com extrato de alho contendo alicina.

7- Tem ação desintoxicante

Altas concentrações dos compostos sulforosos presentes no alho previnem danos causados aos tecidos pelo excesso de metais pesados no organismo.

Em um estudo com duração de quatro semanas desenvolvido com funcionários de uma fábrica de baterias (os quais eram ficavam expostos ao chumbo diariamente), o alho foi responsável por uma diminuição de 19% nos níveis do metal pesado na circulação.

O bulbo também se mostrou eficiente no controle de outros sintomas da intoxicação causada pelo chumbo, como pressão alta e dores de cabeça.

8- Beneficia o desempenho físico

Muitos séculos depois, a ciência começa a comprovar que os gregos estavam de fato corretos em utilizar o alho como um estimulante do desempenho esportivo. Pesquisas têm demonstrado que o bulbo melhora a circulação (levando mais oxigênio ao tecido muscular) e reduz a percepção de fadiga causada pelos exercícios.

Em um estudo divulgado no Indian Journal of Physiology, participantes que já apresentavam problema cardíaco receberam durante seis semanas uma suplementação com alho. Logo em seguida, foram submetidos a um teste de resistência na esteira.

Além de uma diminuição de 12% na frequência cardíaca máxima, os voluntários também apresentaram uma melhora no desempenho físico durante o teste.

9- Controla a glicose do sangue

Os benefícios do alho com relação a diabetes tem sido cada vez mais estudados. Ainda preliminares, estudos sugerem que suplementos à base de alho podem ser eficazes para controlar a glicemia e prevenir o diabetes. Em um deles, publicado no Acta Diabetologica, pacientes com diabetes do tipo 2 receberam um suplemento contendo 150 mg de alho.

Quando comparado ao grupo que recebeu apenas um placebo, os voluntários que ingeriram o alho apresentaram níveis significativamente mais baixos de glicose na circulação.

Outra pesquisa publicada na revista The Journal of American Nutrition demonstrou que o alho cru pode ser altamente benéfico para o controle da glicose na corrente sanguínea.

Os autores do estudo notaram, no entanto, que o alho cozido não apresentou os mesmos resultados, uma vez que o calor destrói a alicina.

10- Fortalece os ossos

O alto teor de minerais como o zinco e o manganês, e das vitaminas C e B6 tornam o alho uma ótima adição à dieta para fortalecer os ossos. Isso porque esses nutrientes participam da composição de enzimas e antioxidantes que estimulam a formação de tecido ósseo e que atuam na absorção do cálcio.

O alho também pode ser eficiente na prevenção da osteoporose, uma vez eleva a produção de estrógeno, o hormônio que está envolvido no processo de síntese e reabsorção óssea.

11- É uma excelente fonte de selênio

O selênio é um dos nutrientes que, embora sejam necessários apenas em pequenas quantidades, podem estar deficientes em nossa dieta. Isso porque em muitas regiões brasileiras o solo é extremamente pobre no mineral, além do fato de que algumas plantas não são muito eficientes em absorver o selênio do solo.

Além de ser naturalmente uma ótima fonte de selênio, o alho ainda é considerado uma planta “selenífera”, ou seja, ele pode retirar o mineral do solo mesmo quando as concentrações estão extremamente baixas.

Entre outras funções, o selênio serve como um poderoso antioxidante e atua na regulação do sistema endócrino. Uma deficiência do mineral pode causar fadiga e problemas na glândula tireoide.

12- Trata a acne

O alho serve para curar o corpo tanto interna quanto externamente. Ao combater o dano celular causado pelos radicais livres e eliminar as bactérias nocivas, a alicina contribui para o tratamento das cicatrizes causadas pela acne e também de alergias e outras doenças da pele.

Segundo um estudo publicado em 2009 no periódico científico Angewandte Chemie, tão logo entra na circulação, a alicina reage com os radicais livres e ajuda a eliminar microrganismos que possam estar causando infecções localizadas.

13- É um poderoso antioxidante

Os antioxidantes do alho reduzem os efeitos colaterais do excesso de radicais livres no corpo, como a degradação do colágeno (o que por sua vez causa o envelhecimento precoce da pele) e danos celulares que podem levar ao surgimento de uma série de doenças, como Alzheimer, demência, pressão alta e níveis elevados de LDL.

14- Diminui a pressão arterial

Os benefícios do alho para o controle da pressão arterial se devem a princípio a dois mecanismos distintos. Primeiramente, devido à produção de sulfeto de hidrogênio (H2S), um gás com potencial vasodilatador.

Nossas hemácias (as células vermelhas do sangue, responsáveis pelo transporte de oxigênio) têm a capacidade de captar os polissulfitos (moléculas ricas em enxofre) presentes no alho e utilizá-las para produzir H2S. Esse gás por sua vez estimula a dilatação da parede dos vasos sanguíneos, aumentando o fluxo de sangue e favorecendo o controle da pressão arterial.

Já a alicina encontrada no alho bloqueia a atividade da angiotensina II, um peptídeo (proteína) que atua na contração dos vasos sanguíneos. Ao bloquear a proteína, a alicina evita que os vasos se contraiam e acabem por dificultar a passagem do sangue, o que por sua vez poderia causar um aumento da pressão.

15- Protege o coração

O alho é altamente benéfico para o coração por diversos fatores. Primeiro porque, como já vimos, melhora a circulação e dificulta o surgimento da arteriosclerose (entupimento das artérias que pode causar enfarto).

Em seguida, porque reduz os níveis dos triglicérides e do LDL, o “mau” colesterol que tende a se depositar na parede das artérias e causar uma série de complicações cardíacas. Dados científicos confirmam que a suplementação diária com alho pode reduzir em até 15% os níveis de colesterol na circulação.

E por último, graças às suas propriedades antioxidantes. Os compostos antioxidantes do alho protegem os vasos e células sanguíneas contra os danos causados pelas inflamações e pelo estresse oxidativo (radicais livres).

Preparo

A melhor maneira de consumir o alho para aproveitar todas as suas propriedades medicinais é cru ou levemente cozido. O cozimento em temperaturas acima de 60C destrói a alicina, reduzindo significativamente os benefícios do alho.

Você pode salpicar o alho sobre a salada ou então adicioná-lo a receitas cozidas tão logo elas tenham saído do fogo.


Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...