quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Repórter de imagem húngara despedida depois de pontapear refugiados



Repórter de imagem húngara despedida depois de pontapear refugiados


A justiça húngara abriu uma investigação criminal à repórter de imagem húngara Petra Lázló, que foi filmada a pontapear refugiados e a rasteirar um homem que corria com uma criança ao colo, noticia a France24.
Os procuradores húngaros revelaram que foi aberta uma investigação e que Petra Lázló poderá ser acusada dos crimes de violação da paz.
A operadora de câmara foi despedida pela estação televisiva N1 TV, que considerou o seu comportamento «inaceitável».
Petra László estava a filmar um grupo de refugiados que fugiam da polícia  em Röszke, no sul da Hungria, quando deliberadamente pontapeou duas crianças e um homem que carregava uma outra criança.
As cenas foram registadas quando centenas de migrantes rompiam uma barreira policial no ponto de registo de Röszke, perto da fronteira com a Sérvia, onde milhares de pessoas têm passado todos os dias no último mês.
As imagens sob o ponto de vista da repórter foram mostradas na N1TV, um canal privado com um programa apresentado por Gabor Vona, líder de extrema-direita do partido Jobbik, que se opõe à migração.
«Uma colega da N1TV portou-se de forma inaceitável no ponto de registo (de refugiados) de Röszke», disse o editor-chefe da N1TV, Szabolcs Kisberk, na página do canal no Facebook. «O contrato da repórter foi rescindido com efeito imediato. Nós consideramos o caso encerrado», escreveu.


Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...