domingo, 21 de junho de 2015

Microsoft alterou regras para a oferta a quem testou o Windows 10

win_10_oferta_1


Microsoft alterou regras para a oferta a quem testou o Windows 10Microsoft alterou regras para a oferta a quem testou o Windows 10: A confusão das licenças do Windows 10 e a forma como estas vão ser dadas aos utilizadores do Windows continua.


Depois de ontem a Microsoft ter anunciado que quem participou no programa Windows Insider e nos testes do Windows 10 iria receber uma licença gratuita, voltou agora atrás e alterou ligeiramente a fórmula.

É uma mudança muito simples no texto do anúncio, mas que altera por completo os visados nesta oferta e também a forma como podem ter acesso a ela.

A notícia de ontem mostrava que a Microsoft tinha reservado uma surpresa para todos os que testaram o Windows 10 pelo programa Insider. Como agradecimento por estes testes, a Microsoft ofereceria uma licença do Windows 10.

Mas, de ontem para hoje, a Microsoft alterou o texto do anúncio e mudou ligeiramente as regras do jogo, passando a colocar algumas limitações no processo.

Do texto de ontem podia ser entendido que qualquer pessoa poderia usufruir desta oferta, mesmo os que não têm uma instalação genuína do Windows, conseguindo assim uma licença válida. Com esta mudança essa possibilidade desapareceu e voltou apenas a ser utilizável por quem tem um Windows genuíno.

As long as you are running an Insider Preview build and connected with the MSA you used to register, you will receive the Windows 10 final release build. Once you have successfully installed this build, you will also be able to clean install on that PC from final media if you want to start over fresh. It’s important to note that only people running Genuine Windows 7 or Windows 8.1 can upgrade to Windows 10 as part of the free upgrade offer.

Para além do adicionar da referência à necessidade de um Windows 7 ou 8.1 genuínos, foram ainda removidas outras referências ao facto desta nova versão “permanecer ativada”.

As regras anteriores poderiam, mais uma vez, ser aproveitadas por todos os que não tinham versões registadas do Windows e que conseguiriam assim ter acesso a uma licença válida.

Mas a Microsoft quer manter estes utilizadores separados dos que cumprem as regras e, por isso, criou regras específicas para os diferenciar.

Falta a Microsoft esclarecer de forma final como vai ser possível a todos os que participaram no programa Insider terem acesso à sua licença gratuita.

Microsoft alterou regras para a oferta a quem testou o Windows 10

Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...