terça-feira, 3 de novembro de 2015

Facebook manda funcionários trocarem iPhones por Androids

Facebook manda funcionários trocarem iPhones por AndroidsFacebook está preocupado com o alcance da rede social em dispositivos móveis, mesmo ela sendo utilizada por 1,5 bilhão de usuários em todo o globo. O fato é que a grande maioria deles, principalmente em países emergentes usam Androids e bem, não é segredo que os devs do Vale do Silício preferem o iPhone quando têm a chance de escolher.

Pois bem, para o CPO do Facebook Chris Cox isso não é algo que sua equipe terá controle daqui para a frente, tudo em prol de manter a rede no rumo da dominação mundial.

Durante um briefing com jornalistas na última quinta-feira, Cox explicou que deu ordens a seus subordinados a trocarem seus iPhones por Androids por um motivo bem simples: os desenvolvedores precisam ver a rede social da perspectiva da maioria dos usuários. Assim seria mais fácil reportar bugs e viver a mesma experiência que aqueles que moram em países emergentes e não possuem milhares de reais para gastar num iPhone para acessar apenas redes sociais.

Os números não mentem: segundo dados recentes do IDC o Android responde por 82,8% do market share do mercado de smartphones, contra 13,9% do iOS. O Windows Phone fica com 2,6%. Para Cox ignorar a grande massa de donos de robozinhos, se distanciando de seus problemas corriqueiros por não ter a mesma experiência de uso no iPhone não é algo muito inteligente de se fazer, principalmente considerando os planos da rede social em se focar em mercados em desenvolvimento.

Dessa forma, forçar seus subordinados a adquirirem Androids não é uma birra com a Apple, é uma decisão simplesmente mais prática para tornar o Facebook mais amigável em smartphones, principalmente os mais baratos. 

Cox comentou sobre a “terça-feira do 2G”, a experiência em que seus empregados são solicitados a experimentar o app da rede social por uma hora como se ele estivesse conectado em redes lentas, ainda presentes em boa parte do mundo (como o Brasil onde nem o 3G funciona direito, quanto mais 4G).

Assim sua equipe entende como ele se comporta em tais aparelhos e localidades e poderão trabalhar para aprimorar a performance do Facebook em dispositivos menos poderosos e em velocidades de conexão mais limitadas. Tudo para conquistar o mundo.

Assim, se essas iniciativas servirem para deixar o Facebook mais rápido e leve muita gente vai comemorar, porque o app é para lá de pesado e come muita banda, o que levou muita gente a removê-lo de seus Androids.

 

Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...