sábado, 14 de maio de 2016

Partes de Alimentos que Você NÃO Deveria Jogar Fora

Partes de AlimentosPartes de AlimentosPartes de Alimentos que Você NÃO Deveria Jogar Fora.Responda com sinceridade: quando você vai preparar pratos com frutas e vegetais para as suas refeições, você remove alguma parte desses alimentos e descarta no lixo? Se sim, saiba que você pode estar cometendo um grande erro e desperdiçando importantes nutrientes que poderiam ser bem aproveitados na sua dieta.

Isso porque de acordo com a diretora de nutrição esportiva do Centro Médico da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, Leslie Bonci, esses pedaços que costumam ser jogados no lixo pelas pessoas estão repletos de vitaminas e aminoácidos.
Mas como saber quais partes exatamente a gente pode utilizar na alimentação e quais não precisam ser aproveitadas? Para te ajudar a não ter essa dúvida, trazemos uma lista com sete pedaços de alimentos que você definitivamente não deve jogar fora. Confira a seguir:
1. Sementes da meloa
Originária da Índia e da África, a meloa é uma variedade de melão que contém a aparência arredondada e enrugada. Não é recomendado que as suas sementes sejam jogadas no lixo porque elas são ricas em proteínas, fibras, magnésio e vitamina E, afirmou a diretora de nutrição esportiva da Universidade de Pittsburgh.
Dica de preparo: Asse as sementes da meloa no forno e tempere-as com um pouco de óleo de oliva. Você pode comê-las no café da manhã ou nos lanchinhos ao longo do dia, no intervalo entre uma refeição e outra.
2. Casca da cebola
Se você tem o hábito de retirar a casca de suas cebolas e jogar fora sem aproveitá-las, não faça mais isso. Segundo Leslie Bonci, essa parte do vegetal é rica em um composto chamado quercetina, que ajuda a diminuir a pressão arterial e melhora a saúde do sistema imunológico.
Dica de preparo: Junte a casca da cebola a um ensopado ou caldo e antes de servir, retire-a da panela. Desse modo, você terá uma receita não apenas mais nutritiva, como também mais saborosa.
3. Casca da melancia
Partes de Alimentos
Bonci também explicou que a casca da melancia possui o aminoácido citrulina, que pode contribuir com a melhoria da circulação sanguínea. Portanto, essa é outra parte que não pode ser descartada.
Dica de preparo: Obtenha uma batida saudável, nutritiva e saborosa ao misturar no liquidificador a melancia, com a casca e a polpa da fruta (aquela parte vermelha que a gente costuma comer), morangos e um pouco de suco de laranja.
4. Folhas do brócolis
Muitos possuem o hábito de comer a parte do brócolis que se assemelha a uma arvorezinha, porém, as suas folhas também devem ser integradas às refeições, tendo em vista que contêm grandes quantidades de cálcio, vitamina A e vitamina C, esclareceu a diretora de nutrição esportiva.
Dica de preparo: Pique as folhas de brócolis e refogue-as junto com as outras partes do vegetal que você já está acostumado a comer.
5. Cabeça do aipo
Partes de Alimentos
Outro costume que algumas pessoas têm é de utilizar o talo do aipo e se esquecer da cabeça do vegetal, local onde se encontram as folhas deste. O problema de jogar essa parte do alimento fora, é que também desperdiça-se nutrientes como o magnésio, o cálcio e a vitamina C, afirmou a acadêmica da Universidade de Pittsburgh.
Dica de preparo: Utilize o topo do aipo, com as suas folhas, como uma erva para deixar uma sopa de frango ou vegetais mais nutritiva e gostosa.
6. Casca da laranja
Conforme Bonci afirmou, as cascas da laranja são ricas em fibras, que colaboram com o sistema digestivo, e em vitamina C, que contribuem com o sistema imunológico.
Dica de preparo: Rale a casca da laranja e use-as como cobertura de um prato com peixe ou frango. Outra opção é colocar a casca picadinha da fruta em cima de um bolo, o que dará um gosto a mais à sua receita.
7. Talo da acelga suíça
Partes de Alimentos
A parte mais utilizada da acelga suíça são as suas folhas, mas de acordo com o que Leslie Bonci explicou, o seu talo é outra parte importante e que deve aparecer na alimentação, já que possui carotenoides, antioxidantes de auxiliam no combate a doenças e vitamina K, que é benéfica para a saúde dos ossos.
Dica de preparo: Refogue o talo da acelga suíça com cogumelos e cebola e incremente o seu almoço ou jantar.
Partes de AlimentosPartes de Alimentos


Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...