segunda-feira, 16 de maio de 2016

Maionese Engorda? Calorias e Dicas

MaioneseMaioneseMaionese Engorda? Não é muito difícil encontrar pratos que levem a maionese como ingrediente ou acompanhamento: são lanches, pizzas, salgados, pães recheados… Entretanto, apesar de um alimento bastante saboroso, a maionese também é conhecida por ser um condimento calórico e que não faz muito bem à saúde.

Mas você sabe por que a maionese engorda e não é tão benéfica para o nosso organismo? E como fazer para utilizar o produto de forma mais saudável sem perder o sabor?
A maionese engorda? Quantas calorias tem a maionese?
O principal motivo pelo qual a maionese engorda é o seu alto índice calórico. Em média, somente uma colher de sopa contém aproximadamente até 90 calorias, porém existem versões mais leves com 79, 63, 30, 27 e até 22 calorias na mesma proporção. O valor poderá variar dependendo do fabricante do condimento.
O grande perigo é que o uso do ingrediente na preparação de receitas pode exceder uma colher de sopa, o que contribui ainda mais para a elevação do número dessas calorias e faz com que as pessoas consumam o alimento sem nem saber que ultrapassaram a quantia calórica recomendada.
Quem tem o costume de realizar as refeições na rua também precisa ficar bastante atento. Não é muito difícil encontrar alimentos com maionese em lanchonetes e bares, e sem saber a quantia que foi usada na preparação da comida, corre o risco de exagerar no consumo de maionese.
O lado bom da maionese
Por outro lado, é importante registrar que a maionese em si não irá engordar, especialmente se ela for utilizada em uma dieta equilibrada e não como acompanhamento de pizza, lanches e salgados gordurosos.
A saída é optar pelas versões menos calóricas, com menos de 30 calorias por 12 g ou colher de sopa, e não exagerar na utilização na hora de preparar as refeições. Uma dica é usar o condimento na preparação de lanches naturais com vegetais e pão integral.
Na quantia certa, ela não irá fazer com que você perca peso, mas também não irá atrapalhar o seu processo de emagrecimento.
Outra vantagem é que o ingrediente também contém alguns nutrientes para o nosso organismo como ômega 3 e 6, além dos óleos vegetais que contribuem com a absorção das vitaminas A, D, E e K.
Presença de gordura saturada
Outra substância presente na maionese que não é nada agradável para o organismo é a gordura, especialmente a gordura saturada. Por exemplo, a maionese da marca Hellmann’s, em uma colher de sopa possui 0,6 g de gorduras saturadas, enquanto sua concorrente Liza possui 1,1 g, e a Quero 0,4.
Há ainda aquelas que podem chegar a ter 1,64 g na mesma proporção.
Por isso, por mais que até mesmo as versões tradicionais hoje em dia possuam um menor número de calorias, as gorduras saturadas ainda estão presentes em sua composição e podem sim fazer mal à saúde.
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o recomendado é que as pessoas consumam no máximo 67 g de gordura diariamente, e que desse total apenas 22 g correspondam a gorduras saturadas.
O perigo é a quantidade dessa substância encontrada em uma colher de sopa de maionese equivale a mais de 7% da quantia diária indicada.
Um dos grandes problemas das gorduras saturadas é que elas aumentam as taxas de colesterol total no organismo, aumentando os níveis do colesterol ruim (LDL) e diminuindo o número do colesterol bom (HDL).
O consumo elevado dessa substância também é um fator de risco para o surgimento de doenças no coração, como a aterosclerose, que é o acúmulo de gordura nas paredes das artérias, e que pode levar ao derrame ou infarto.
Quem consome muitos alimentos com gorduras saturadas ainda pode ficar mais propenso à diabetes.
É que o excesso da substância no corpo promove a resistência à insulina, que, por sua vez, favorece um estado conhecido como pré-diabetes, condição que antecede o aparecimento da doença.
Outros malefícios
Além de dizermos que a maionese engorda, precisamos alertar também quanto aos outros malefícios que o seu consumo excessivo pode causar à saúde. Um componente presente composição desse condimento é o colesterol. Opte por versões com menor quantidade deste.
Quando encontrada em excesso no organismo, essa substância pode contribuir para o entupimento das artérias, além de provocar infarto, derrame, doenças no coração, obesidade e gordura no fígado, que quando não tratada pode evoluir para uma cirrose.
Outro componente presente na maionese é o sódio. Quando consumido de maneira adequada – a recomendação é de 2,3 g por dia para adultos saudáveis – ele até contribui para o funcionamento de nervos e músculos. Entretanto, a quantidade excessiva pode resultar na elevação da pressão arterial, no aumento de risco de doenças como derrame, osteoporose, cálculo renal e causar maior retenção de líquido no organismo, que pode levar ao ganho de peso e inchaço no corpo.
Benefícios para o cabelo e a pele
Se por um lado a maionese engorda e em excesso é um perigo para a nossa saúde, por outro, ela traz também benefícios interessantes ao cabelo e a pele.
Nos cabelos, ela ajuda no tratamento contra frizz e opacidade dos fios. O condimento age como um condicionador, deixando-os mais macios e sedosos. Para obter o efeito, a recomendação é passar um punhado de maionese da raiz até as pontas dos cabelos, deixar por uma hora e lavá-los.
O produto também é aplicado para dar o efeito de “pele de bebê”, já que nutre a região deixando-a fresca, brilhante e mais radiante. Ele ainda é usado para tratar de queimaduras do sol e remover vestígios de células ou pele mortas.
MaioneseMaionese

Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...