sexta-feira, 27 de maio de 2016

Benefícios das Catequinas EGCG do Chá Verde

Chá verde
Chá VerdeChá Verde Benefícios das Catequinas:Veremos a seguir em detalhes os benefícios das catequinas EGCg do Chá Verde para saúde e boa forma. Diante de tantas propriedades interessantes você pode querer incluir o chá na sua rotina.

Historicamente muito comum no Oriente, o consumo de chás tem ganhado cada vez mais adeptos no mundo ocidental. Seja com o propósito de emagrecer, como diurético ou para substituir bebidas menos saudáveis como os refrigerantes, os chás podem ser aliados de uma dieta saudável e trazer muitos benefícios à saúde.
Alguns dos chás mais consumidos são o preto, o branco e o verde. Um tipo menos conhecido é o oolong, um chá tradicional chinês. O que eles têm em comum é a origem na mesma planta, todos são feitos a partir de folhas do arbusto Camellia sinensis. O que os diferencia são as etapas de processamento ou estágio de desenvolvimento em que é colhido.
Enquanto o chá verde não é fermentado e com isso não se oxida, o chá preto e o oolong são fermentados e oxidados. O chá branco advém da colheita das folhas ainda jovens e também não passa por oxidação.
Propriedades do Chá Verde
Os chás feitos a partir da Camellia sinensis tem uma grande quantidade de compostos fitoquímicos antioxidantes conhecidos como catequinas. O chá verde é mais rico em catequinas que o preto e o oolong e suas propriedades são decorrentes da alta concentração dessas substâncias.
As catequinas são compostos encontrados na Camellia sinensis pertencentes à classe dos flavonoides, muito conhecidos por suas propriedades antioxidantes. Existem quatro classes principais de catequinas, EC, ECg, EGC e EGCg.
As catequinas EGCg possuem esse nome pela abreviação do termo Epigalocatequina galato e são as que apresentam maiores propriedades antioxidantes, chegando a ser de 25 a 100 vezes mais poderosas que as vitaminas C e E. Uma xícara de chá verde fornece até 40 mg de polifenóis, sendo uma grande quantidade de catequinas EGCg. Esse valor é cerca de 8 a 10 vezes maior que o encontrado nas frutas e outros vegetais, por isso é realmente alto.
A seguir entenderemos melhor os benefícios das catequinas EGCg do chá verde, decorrentes principalmente de seu poder antioxidante.
Benefícios das Catequinas EGCg
O que esses compostos de nome complicado podem fazer pela sua saúde? Detalharemos a seguir os inúmeros benefícios das catequinas EGCg presentes no chá verde.
1) Ação contra o câncer
Os radicais livres exercem papel fundamental no desenvolvimento do câncer, que é uma das principais causas de morte no mundo. O câncer surge quando falhas na reparação de danos ao DNA levam à multiplicação não controlada das células de determinado tecido. Esses danos podem ser causados por radicais livres. Assim, pela grande capacidade antioxidante das catequinas EGCg, elas são capazes de combater esses radicais e auxiliar na prevenção da doença.
O extrato de chá verde contendo as catequinas foi efetivo contra diversos tipos de câncer. Um estudo observacional correlacionou uma alta taxa de ingestão do chá com até 22% menos risco em desenvolver câncer de mama. No caso do câncer de próstata, homens que tomaram frequentemente chá verde reduziram seu risco em ter a doença em até 48%. Um terceiro estudo com quase 70 mil mulheres chinesas encontrou uma redução de até 57% no risco de câncer colorretal.
Em animais, pesquisas demonstraram que as catequinas foram capazes de reduzir a taxa de crescimento de células cancerígenas diminuindo os tumores em número e tamanho.
São resultados bastante expressivos que demonstram o grande potencial do chá verde no combate a essa doença que causa tantas mortes.
Além da atividade antioxidante em si, acredita-se que a ação antitumoral das catequinas EGCg possa também dever-se à supressão da liberação de fatores que estimulam o crescimento do tumor e do crescimento de vasos sanguíneos, fazendo com que menos sangue e nutrientes cheguem ao tumor, dificultando seu desenvolvimento.
2) Ajuda para o sistema imunológico
Estudos com pacientes submetidos a radiação ou quimioterapia apresentaram uma melhora em seus sistemas imunológicos quando ingeriram chá verde. As contagens de células brancas do sangue, responsáveis pela defesa do organismo se apresentaram mais efetivas quando comparadas às dos pacientes que não tomaram o chá.
Pelo fato de um dos principais efeitos colaterais de tratamentos agressivos como radio e quimioterapia ser a supressão do sistema imunológico, o consumo de chá verde pode auxiliar na melhora da qualidade de vida desses pacientes e provavelmente também melhorar as defesas de quem não está em tratamento desse tipo.
3) Proteção contra doenças cardiovasculares
Os benefícios das catequinas EGCg na prevenção de doenças cardiovasculares são bastante extensos.
Elas atuam de diversas formas:
  • Sua ação antioxidante previne a oxidação do LDL colesterol e sua deposição em placas ateroscleróticas;
  • Elas diminuem as taxas de colesterol total e LDL (o colesterol ruim);
  • Combatem a pressão alta;
  • Podem diminuir a absorção de colesterol e facilitar sua eliminação;
  • Podem reduzir a atividade plaquetária e a chance de ocorrência de trombose;
  • Levam a uma recuperação de ataques cardíacos mais rápida.
Todas essas ações levam a uma grande redução na chance de desenvolvimento de doenças cardiovasculares em pessoas que consomem o chá verde com frequência, determinada por estudos observacionais populacionais.
4) Tem ação antimicrobiana
Um outro benefício das catequinas EGCg é sua ação contra micro-organismos, incluindo bactérias e vírus. Ela começa ainda na boca, prevenindo infecções que afetam os dentes e as gengivas. O consumo de chá verde está, inclusive, associado com um risco reduzido de desenvolver cáries e com uma boa saúde dental.
Ao passar pelo estômago também pode combater bactérias presentes nos alimentos e outras causadoras de doenças gastrointestinais.
No intestino elas combatem bactérias “más” e estimulam o crescimento de bactérias “do bem”, isso melhora a constituição da flora intestinal e estimula o sistema imunológico. Previnem também a ocorrência de resfriados e gripes e outras infecções virais, sendo que o chá verde pode ser usado também para gargarejo. Também reduz o mal hálito.
5) Atua na prevenção do diabetes
Estudos demonstraram que as catequinas presentes no chá verde podem também auxiliar na prevenção e reduzir o risco de desenvolvimento de diabetes tipo II em até 42%.
Em uma revisão que abrangeu 7 estudos diferentes e um total de mais de 280 mil voluntários, o consumo regular de chá verde demonstrou reduzir o risco em 18%.
O chá verde demonstrou ser capaz de reduzir os níveis de açúcar no sangue, protegendo contra as complicações do diabetes.
6) Pode ajudar na prevenção de doenças neurodegenerativas
Alzheimer e Parkinson são as duas doenças neurodegenerativas mais comuns na terceira idade. A primeira leva à demência e em último grau a morte, enquanto a segunda atinge os neurônios do córtex cerebral que enviam comandos para os músculos do corpo, causando tremores, rigidez dos músculos e dificuldades em realizar movimentos.
Vários estudos demonstraram o efeito protetor das catequinas EGCg do chá verde em relação às doenças neurodegenerativas, e podem potencialmente reduzir o risco de aparecimento de doença de
Parkinson e Alzheimer. Esses estudos foram realizados in vitro e em modelos animais.
Assim, consumir chá verde e suas catequinas, pode ser uma ótima opção para ajudar a manter o cérebro saudável durante toda a vida e diminuir chances de doenças em idades mais avançadas.
7) Ajuda na perda de peso
Baseado em estudos que mostraram que o chá verde pode aumentar a taxa metabólica e a queima de gorduras, muitas pessoas utilizam a erva como auxiliar na perda de peso.
Um desses experimentos foi realizado com 10 homens saudáveis porém com excesso de tecido adiposo. Eles receberam extrato de chá verde contendo 270 mg de EGCg e 150 mg de cafeína, apenas cafeína ou placebo e ficaram 24 horas em uma câmara respiratória para que sua taxa metabólica fosse medida em diferentes circunstâncias.
A câmara respiratória permite medir o quanto de energia foi gasto e quanto de gordura oxidada durante todo o período. E apesar de a cafeína ser um importante termogênico não observaram diferenças entre as pessoas que tomaram apenas cafeína e as que tomaram placebo.
Por sua vez, o grupo que recebeu o extrato de chá verde (contendo catequinas e cafeína) apresentou um gasto calórico 4% maior em relação ao outros grupos, sem efeitos adversos e com aumento da obtenção de energia a partir das gorduras.
Assim o consumo do chá, onde se pode encontrar a associação entre as catequinas EGCg e a cafeína, pode ser um importante fator auxiliar na perda de peso e se associado a uma dieta adequada, com baixas calorias, fará com que o corpo gaste mais energia do que ingere, o resultado será o consumo dos estoques de gordura e perda de peso.
Além disso, um outro estudo em que homens ingeriram chá verde por 12 semanas (690 mg de catequinas totais e 136 mg de EGCg) perderam mais peso e mais gordura em relação ao grupo que tomou placebo.
Além disso, a perda de gordura visceral, que é extremamente perigosa por ser fator de risco para síndrome metabólica e outras doenças, e gordura abdominal foi quatro vezes maior em quem tomou chá. Isso demonstra que além da perda de peso como um todo, o chá verde estimula a perda de gordura abdominal e visceral, ajudando a melhorar a saúde e as medidas.
O mecanismo pelo qual as catequinas teriam esses efeitos, seria pela inibição da enzima que degrada a norepinefrina, um hormônio estimulante do metabolismo. Quanto menos a enzima é ativada, mais norepinefrina é disponibilizada na corrente sanguínea e mais acelerado se torna o metabolismo. O chá verde também pode agir inibindo outras enzimas que atuam no armazenamento de gorduras.
Aspectos importantes, doses e dicas
Muitos fatores podem levar à variação da quantidade de compostos bioativos no chá verde, incluindo tipo de processamento, local de origem, condições de crescimento da planta e como ele é preparado.
Assim, caso sua recomendação seja de consumir uma quantidade específica diariamente, a utilização de extratos na forma de suplementos padronizados pode ser um boa alternativa às opções na forma natural do chá.
A absorção dos nutrientes a partir dos extratos em cápsulas também parece ser mais eficiente que do chá.
Ingerir as cápsulas de suplemento não acompanhadas de alimentos também melhora a taxa de absorção das catequinas.
As quantidades necessárias para ação na perda de peso parecem ser por volta de 270mg ao dia, divididos em 3 doses. Dependendo da sua necessidade pode precisar de mais (em determinadas condições de saúde) ou menos (para manutenção da saúde em geral).
Nesse caso o consumo do suplemento padronizado pode ser a garantia de um tratamento eficaz, pois para alcançar 270mg de EGCg ao dia, seriam necessária pelo menos 10 xícaras de chá.Não se recomenda consumir o chá com leite pois pode levar à redução do seu poder antioxidante.
Uma dica na hora de preparar o chá é que quanto mais tempo você deixar em infusão, maior será a concentração de catequinas obtida.
Por não apresentar efeitos colaterais significativos, recomenda-se o consumo do chá verde sempre que possível, pelo menos 3 vezes ao dia para que os efeitos antioxidantes e os benefícios das catequinas EGCg possam trazer melhorias para sua saúde.
Os efeitos colaterais que podem ocorrer são os decorrentes da presença de cafeína, como náusea, vômito, tontura, porém são raros. Procure seu médico caso faça uso de algum medicamento antes de iniciar o consumo do chá.
Chá VerdeChá Verde

Share and Enjoy

Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...