quinta-feira, 30 de junho de 2016

Surpreendentes Benefícios da Cerveja com Moderação


CervejaCerveja:Todas as pessoas gosta de uma boa cerveja gelada, isso todos nós sabemos. Mas você sabia que há um bom número de benefícios da cerveja para a saúde? Isso certamente é novidade para muitas pessoas.

Isso porque muitos conhecem os malefícios que o excesso da bebida pode trazer, como câncer no estômago, fígado e esôfago, formação de gordura abdominal, obesidade, efeito diurético que favorece a eliminação de vitaminas e minerais por meio da urina e o aumento de triglicérides no sangue, o que pode ser fator de risco para o surgimento de doenças no coração, sem contar com o risco de acidente de trânsito quando se dirige alcoolizado, devido à perda de reflexo que a bebida promove.
No entanto, nem todo mundo comenta a respeito dos benefícios da cerveja quando a bebida é consumida com moderação e cuidado. Algumas pesquisas mostram que a cerveja não só traz alegria de estar na companhia de seu parceiro ou de compartilhar boas histórias com os amigos em uma mesa de bar. Ela ainda pode oferecer diversas e impressionantes vantagens.
Reúna seus amigos para beber uma gelada, com moderação, é claro, e conte a eles quais são os surpreendentes benefícios da cerveja que você vai conferir abaixo.
Consumo moderado
Você não deve se sentir culpado em degustar, moderadamente e eventualmente, sua cervejinha gelada. Contrariando a concepção de muitos, diversas pesquisas comprovaram que o consumo eventual de cerveja pode ser conveniente para o bom funcionamento do organismo.
Entretanto, repetimos mais uma vez que para isso é necessário consumir a bebida de modo bastante moderado – 350 ml para mulheres e 700 ml para homens por dia, tendo em vista que os excessos trazem sim prejuízos à saúde. Dito isso, agora vamos conhecer 14 surpreendentes benefícios da cerveja para a saúde:
1. Doenças cardíacas
Um estudo mostrou que a incidência de doenças no coração entre quem consome cerveja é menor do que entre as pessoas que bebem vinho. Pesquisadores italianos também descobriram que quem bebe cerveja moderadamente tem um risco 42% menor de desenvolver doenças cardíacas do que quem não consome a bebida.
É importante ressaltar que as pessoas que consomem cerveja em excesso podem obter efeitos contrários, podendo aumentar a probabilidade de ocorrência dessas doenças.
2. Doença de Alzheimer
Outro item importante dos benefícios da cerveja é a sua capacidade de proteger contra a doença de Alzheimer. Uma pesquisa realizada no ano de 2007, na Universidade de Alcala, na Espanha, concluiu que o consumo de duas porções de cerveja por dia pode prevenir a doença de Alzheimer.
É o teor de silício contido na cerveja que auxilia na proteção do cérebro contra malefícios causados por alumínio no corpo, que é apontado como uma das causas de ocorrência do mal de Alzheimer.
3. Diabetes
Cerca de 38.000 homens de meia idade que não tinham o costume de beber muita cerveja foram analisados em uma pesquisa feita por cientistas holandeses. Eles passaram a tomar porções moderadas da bebida e ao longo de quatro anos mostraram-se menos propensos a serem diagnosticados com diabetes tipo 2.
Entretanto, como o consumo de cerveja não diminuiu os riscos dos homens que já tinham o costume de tomar duas cervejas por dia, o conselho de sempre continua valendo: é essencial ter moderação.
O consumo leve a moderado de álcool (contido na cerveja) pode aumentar a sensibilidade à insulina, o que auxilia na prevenção de diabetes. Se você ainda precisa de mais argumentos para se convencer dos surpreendentes benefícios da cerveja, saiba que a bebida ainda é uma boa fonte de fibras solúveis, o que contribui com os efeitos de uma dieta saudável para essas pessoas que seguem uma alimentação voltada para o controle de níveis de açúcar na corrente sanguínea.
4. Previne pedras nos rins e cálculo biliar
De acordo com a Mayo Clinic, o consumo de cerveja está associado a um risco menor de desenvolvimento de cálculo biliar.
Algumas pesquisas também evidenciaram que a cerveja pode reduzir o risco de desenvolvimento de pedras nos rins em até 40%. Esse benefício é justificado pelo teor de água na composição da cerveja, assim auxiliando no estímulo à urina e eliminação de toxinas prejudiciais ao organismo, favorecendo o bom funcionamento dos rins.
5. Redução de risco de Câncer
Há na cerveja um antioxidante chamado Humol. Seu nome científico é Xanthohumol, e ele é muito conhecido devido às suas propriedades anticancerígenas, que auxiliam na proteção do corpo contra a doença. No entanto, lembre-se sempre de que o excesso da bebida também pode causar a doença.
6. Colesterol
Muitas pessoas buscam diversas iniciativas para controlar os níveis de colesterol, mas elas provavelmente não sabem que a cerveja, se consumida de forma moderada, pode manter esses níveis estáveis. A cevada utilizada no processo de fabricação da bebida possui um tipo de fibra solúvel conhecida como betaglucano, que é muito eficiente na redução dos níveis de colesterol LDL, o colesterol ruim.
7. Pressão arterial
Um estudo realizado em Harvard, nos Estados Unidos, descobriu que pessoas que bebem cerveja de forma moderada possuem menor probabilidade de desenvolver problemas com pressão arterial alta se comparadas a pessoas que possuem o hábito de beber vinhos ou drinks.
8. Ossos fortes
A cerveja possui excelente percentual de silício, que é um elemento relacionado à saúde óssea. Pesquisadores da Universidade Tufts, nos Estados Unidos, descobriram que há benefícios da cerveja e do vinho para a densidade óssea do quadril. É importante ressaltar que no mesmo estudo foi verificado que aquelas pessoas que consomem quantias maiores podem estar expostas aos efeitos contrários, ou seja, à perda óssea.
9. Caspa
Os surpreendentes benefícios da cerveja também podem atingir o couro cabeludo. A bebida pode ser um tratamento natural contra caspa. Esse efeito é justificado pelo percentual de levedura de vitamina B contido na cerveja. Lavar o cabelo com uma garrafa de cerveja por duas ou três vezes por semana pode ajudar.
Entretanto, antes de passar cerveja no cabelo, vale a pena pensar um pouco. A bebida até hidrata o cabelo, porém, seus efeitos são a curto prazo, que duram apenas até a próxima lavagem, além de deixar um cheiro bastante ruim no cabelo.
10. Derrames
Estudo realizado pela American Stroke Association (Associação Americana do Derrame, tradução livre) mostrou que as pessoas que bebem cerveja de forma moderada possuem um risco 50% menor de sofrer acidente vascular cerebral (AVC).
A explicação é que o consumo comedido de cerveja ajuda a prevenir a formação de coágulos nas artérias, tornando-as mais flexíveis. Um AVC acontece quando um coágulo se fixa a um vaso do cérebro.
11. Estresse
Sentar em uma mesa, trocar ideia e beber uma cerveja com os amigos pode fazer você se esquecer da hora e relaxar um pouco, certo? Isso porque o consumo moderado de álcool pode reduzir o estresse e ansiedade, que são fatores de risco para ataques no coração.
12. Imunidade
Um ou dois copos de cerveja por dia podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico e combater infecções. Quem chegou a essa conclusão foram os pesquisadores da Universidade de Saúde e Ciência de Oregon, nos Estados Unidos, depois de realizar um experimento com macacos.
13. Pele
Como se não bastassem os benefícios da cerveja para a saúde dos cabelos, a cerveja também pode tornar a sua pele mais bonita. A cevada, ingrediente que dá origem à bebida, possui algumas vitaminas como a B1, a B3 e a E, além dos minerais selênio, fósforo, zinco e cobre que auxiliam na regeneração e hidratação da pele.
CervejaCerveja

Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...