sábado, 15 de agosto de 2015

11 Benefícios da Caminhada Para o Corpo e a Mente

beneficios da caminhada

Quando alguém decide começar a ter uma vida saudável e a praticar exercícios físicos, um conselho que certamente ouve é que deve pegar leve no início e começar com uma atividade mais simples como a caminhada.

Entretanto, ela não é apenas um treino simples e prático de ser feito, já que a pessoa pode praticar perto ou até dentro da própria casa com a esteira, não tem restrição de idade e não exige nenhum tipo de equipamento especial. Ainda há vários benefícios da caminhada para o nosso corpo e mente, indo desde a melhoria da na circulação ao aumento da sensação de bem estar.
Confira abaixo uma lista que traz 11 benefícios da caminhada para o corpo e a mente:

1. Melhoria da circulação

Uma caminhada de 40 minutos pode reduzir a pressão arterial por um dia depois da finalização do exercício, de acordo com um estudo feito pela Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto. O efeito ocorre porque durante o exercício, há o aumento do fluxo de sangue, o que expande os vasos sanguíneos e diminui a pressão.
Outros benefícios da caminhada para a circulação é que ele faz com que as válvulas do coração trabalhem mais, o que traz uma melhora na circulação da hemoglobina (proteína das hemácias), e contribui para que as artérias, veias e vasos capilares se dilatem e deixem o transporte de oxigênio pelo organismo mais eficiente.

2. Melhoria do funcionamento do pulmão

A caminhada também é importante para o funcionamento do pulmão porque quando a pessoa pratica essa atividade com regularidade, as trocas gasosas ocorridas no órgão tornam-se mais poderosas, o que faz com que mais impurezas sejam eliminadas, deixando a região com menores quantidades de catarro e poeira.

3. Combate a osteoporose

Durante a caminhada o impacto dos pés com o chão, a compressão dos ossos da perna e a movimentação do esqueleto fazem com que os ossos recebam mais estímulos elétricos que facilitam a absorção de cálcio, o que os deixa mais resistentes. Mesmo quando a pessoa já foi diagnosticada com osteoporose, a caminhada pode ajudar a conter o avanço da doença.

4. Afasta a depressão

No momento da prática da caminhada, o nosso organismo libera uma taxa maior de endorfina, o hormônio que proporciona a sensação de alegria e relaxamento. A partir do momento que a pessoa torna a atividade um hábito, produzirá mais endorfina e se sentirá mais animada para realizar o exercício com mais intensidade ou poder até mesmo experimentar outros tipos de treinamento.

5. Proporciona bem estar

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Essex, no Reino Unido, comparou dados de 1,2 mil pessoas de faixa etária, estado de saúde mental e gênero diferentes e identificou que aqueles que praticavam atividades como caminhada ao ar livre, ciclismo, pesca, canoagem, equitação e agricultura por pelo menos alguns minutos por dia haviam registrado efeitos positivos no que se refere ao seu humor e autoestima.

6. Contribui com a saúde do cérebro

Os benefícios da caminhada em relação ao antienvelhecimento também se estendem para o cérebro, como mostrou um estudo realizado pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos. De acordo com a pesquisa, o exercício ajuda a aumentar os circuitos cerebrais e reduz os riscos de problemas de memória e atenção.
Outro estudo americano, dessa vez produzido pela Universidade de Pittsburgh, determinou que pessoas que caminham 10 km por semana, em média, têm 50% menos chances de terem seu volume cerebral diminuído, o que é importante para prevenir problemas de demência como a Doença de Alzheimer.
Além disso, quando caminhamos recebemos estímulos que impulsionam o nosso cérebro a responder a cada vez mais estímulos, sejam eles de ordem visual, tátil, sonora ou olfativa.

7. Melhora a qualidade do sono

Como caminhar durante o dia causa ao organismo um aumento na produção de substâncias estimulantes como a adrenalina e deixa a pessoa mais disposta para as horas do dia que estão por vir, à noite o corpo procura o descanso e adormece com maior facilidade, fazendo assim com que a melhora da qualidade do sono seja mais um dos benefícios da caminhada. São poucas as pessoas praticantes da caminhada que sofrem de insônia e sonolência.

8. Ajuda a manter a boa forma

O que muitas pessoas provavelmente procuram quando começam a caminhar é a perda de peso. E realmente, o exercício contribui com o emagrecimento. Quando a pessoa começa a gastar mais energia, a sua demanda calórica também aumenta, o que culmina na queima de gorduras localizadas.
Além disso, a prática também contribui com o funcionamento do metabolismo. Uma pesquisa feita pela Universidade de Yale, nos Estados Unidos, identificou que por conta do aumento da circulação, da atividade muscular e da respiração, o metabolismo também fica mais acelerado, contribuindo assim para o emagrecimento.

9. Controle do desejo por chocolate

Uma pesquisa realizada na Inglaterra, na Universidade de Exeter, indicou que o hábito de caminhar pode ajudar a controlar o desejo por chocolate.
Tal efeito foi verificado quando os pesquisadores reuniram 25 pessoas viciadas em chocolate, que consumiam ao menos 100 g do doce por dia, e os separaram em dois grupos: um que que fazia uma caminhada diária e outro que não praticava o exercício.
Eles perceberam que uma caminhada diária de 15 minutos na esteira era suficiente para reduzir significativamente o desejo pelo chocolate.

10. Protege contra derrames e infartos

Há benefícios da caminhada na proteção contra derrames e infartos porque ela controla a pressão sanguínea, evitando o entupimento das artérias, e regula os níveis de colesterol no organismo, ao diminuir a produção de gorduras ruins e aumentar a quantidade de HDL, o colesterol bom.

11. Previne contra a diabetes

A diabetes é um problema que surge por conta do excesso de glicose no sangue. O hábito de caminhar pode ajudar a prevenir essa doença porque estimula a maior produção de insulina no corpo, hormônio que é justamente responsável pela absorção da glicose pelas células.
Além disso, caminhar pode reverter o quadro de resistência à insulina no organismo, o que também contribui para combater à diabetes.



Dieta para Colesterol LDL Alto – Alimentos e Dicas

Quando você tentou atacar a porção de batatas fritas, pediu o sanduíche com bacon ou escolheu no cardápio o fettucine à parisien...